Contactos

POLO DE IDIOMAS

  • Pessoa de contato: Alexandre STICKLAND
  • Telefone: +55 (61) 3505-18-92
  • +55 (61) 3025-59-47
  • +55 (61) 8365-65-25
  • Endereço postal: Avenida Comercial, Qd 11, Lot 04, Sala 101, Parque Rio Branco, Valparaiso de Goias /GO, Goiás, 72870-083, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

A importância de falar uma língua estrangeira

A importância de falar uma língua estrangeira

25/01/16

O conhecimento de pelo menos uma língua estrangeira é um requisito para ingressar na maioria das grandes empresas.

alt text

Além das vantagens profissionais podemos citar as vantagens pessoais:

Ao se comunicar em uma outra língua, estamos elevando a nossa vida a um nível onde pertencemos a uma maior parte do mundo. Falar português nos deixa em contato com um mundo composto de Brasil, Portugal, Angola e alguns outros países de menor expressão.

Falar espanhol te amplia para um contato com toda a América Latina, além da Espanha e outros países onde o espanhol é ensinado como segunda língua. Já com o francês, é possível atingir 265 milhões de pessoas entre o Canadá, a França, além de países como Marrocos, Senegal, etc. O italiano e o alemão seguem o mesmo princípio, ajudando a ampliar cada vez mais os horizontes.

  1. Aumenta a sua criatividade
  2. Faz de nos um grande aliado durante uma viagem internacional
  3. Conecta-mos ao mundo
  4. Aumentamos nosso crescimento pessoal
  5. Vale também ressaltar o esforço que o cérebro faz ao aprender uma segunda língua, assim prolongando o nosso tempo de saúde mental.
  6. Conhecemos outras culturas, outras tradições, outras pessoas que nunca imaginariamos
  7. O inglês por exemplo em inglês faz praticamente parte de nossa vida cotidiana : quase todas as músicas que ouvimos nas rádios são em inglês. Os filmes que assistimos no cinema, são em inglês com legendas em português, os videosgames são todos em inglês.
Artigos anteriores
DELF
DELF

20/01/14

O que é o DELF
Porque estudar Francês?
Porque estudar Francês?

20/01/14

Artigo publicado pela Aliança Francesa
Estudar na França
Estudar na França

20/01/14

Artigo publicado pelo Professor Bortoletto